Reconhecimento Público De Olho nos Planos

Logo_Reconhecimento_Público_DeOlho

Conselheiros(as) Municipais de Educação, dirigentes, professores(as), estudantes e representantes de movimentos e organizações de todo o país se inscreveram no Reconhecimento Público De Olho nos Planos. Após o período de inscrições, representantes dos grupos participantes tiveram a oportunidade de aderir ao 2º curso online “A Prática em curso: sistematização, monitoramento e avaliação dos Planos de Educação”.

A iniciativa De Olho nos Planos recebeu documentos de todas as regiões do país! Ao todo, foram recebidos 31 relatos de experiências e propostas para o monitoramento e a avaliação participativa dos Planos de Educação. Depois de uma análise criteriosa das sistematizações e propostas enviadas, chegamos a 15 relatos selecionados para o Reconhecimento Público De Olho nos Planos, de 12 coletivos diferentes. 

Veja abaixo o nome dos responsáveis e as cidades dos relatos finalistas e saiba mais sobre o processo de seleção aqui:

tabela_reconhecimento_publico_selecionados_ERRATA

 

O Reconhecimento

O Reconhecimento Público De Olho nos Planos tem o objetivo de estimular e valorizar experiências participativas na elaboração ou revisão de Planos de Educação e mobilizar a construção de estratégias para o monitoramento participativo desses planos. (Clique aqui e veja o regulamento)

Neste sentido, a iniciativa apoiou o registro e a sistematização de casos e de propostas para o monitoramento dos Planos de Educação, além de prever a divulgação nacional de experiências reais de participação, a partir da reflexão dos sujeitos envolvidos, destacando aprendizados, tensões e desafios, que possam inspirar, incentivar e aprimorar demais experiências participativas no campo educacional. Confira abaixo o vídeo utilizado para a divulgação do Reconhecimento:

Categorias

CronogramaO Reconhecimento Público contempla diferentes níveis e dimensões do processo de elaboração do Plano ou de seu monitoramento. Ou seja, abrange tanto experiências municipais, regionais ou estaduais, como casos realizados por escolas, conselhos, fóruns, gestões educacionais, organizações e movimentos da sociedade civil.
No projeto, os(as) interessados(as) classificaram suas propostas ou experiências em uma ou nas duas categorias abaixo:

– Experiências participativas na elaboração e revisão do Plano de Educação;
– Propostas de monitoramento participativo do Plano de Educação.

 

Quem está participando?

– Fóruns e Conselhos Municipais e Estaduais de Educação

– Comissões responsáveis pela coordenação de seus Planos de Educação

– Movimentos sociais, coletivos, redes e organizações de sociedade civil

– Secretarias de Educação

– Conselhos Escolares

– Escolas

 

 

RegistroRoteiro para Registro e Sistematizacao

Confira ao lado o roteiro de como deveria ser enviado o registro da experiência ou da proposta de monitoramento que foi pré-requisito para concorrer no Reconhecimento Público.

Após produzir o registro das experiências e a descrição das propostas de monitoramento, os participantes enviaram seus documentos entre os dias 1 e 27 de março. Caso tenha alguma dúvida sobre o Reconhecimento Público, basta entrar em contato por meio do e-mail reconhecimento@deolhonosplanos.org.br

 

 

Imagem_Regulamento

 

 

27 ideias sobre “Reconhecimento Público De Olho nos Planos

  1. JOSÉ GILSON LAURENTINO COURAS

    Acompanhei todo o processo de elaboração do PME de nossa cidade Iguatu Ceará. Fiz parte da comissão técnica e de elaboração representando o Conselho de Educação. Agora estamos no processo de monitaramento contínuo do PME. Já tivemos a formação de 16h pela SASE Undime e estamos no preenchimento da planilha exigida pela MEC. Parte A e B já fizemos agora estamos preparando a parte C.

    Responder
    1. Administrador Autor do post

      Olá Luzia, tudo bem?
      A 2ª etapa do curso irá tratar especificamente sobre o monitoramento e a avaliação dos Planos de Educação. Infelizmente o período de inscrição no Reconhecimento Público já se encerrou.

      Várias das informações serão divulgadas neste mesmo portal e na Rede De Olho nos Planos (http://www.rededeolhonosplanos.org.br/).

      Você pode acompanhar nossas publicações e redes sociais. Assim que formos realizar outro curso divulgaremos por estes canais.

      Atenciosamente,

      Equipe De Olho nos Planos

      Responder
  2. Rosalva komora de Souza

    OI já estou escrita e relatando a experiência do participação popular no reelaboração do plano Municipal de Codó-MA. Cidade de 120 mil habitantes no leste maranhense. è muito bom e interessante este curso \ rede, pois se conhece realidades diversas e ao mesmo tempo com muitas semelhanças.Abraços

    Responder
  3. PATRICK WILSON SOARES SALES

    Participei em meu estado do Piauí na Elaboração dos Planos Municipais de 25 Municípios onde fui responsável. Agora vou participar do monitoramento. Quando soube das inscrições do curso online já tinha passado gostaria de participar. Grato!

    Responder
  4. ALESSANDRA ROCHA COSMO

    Olá!
    Como conselheira do Conselho Municipal de Educação de Itapajé e após coordenar o processo de construção do PME do meu município, estou com grande expectativa em relação ao curso para juntos podermos instrumentalizar os próximos passos desse processo de construção da educação, de tirá-lo do papel, monitorando, avaliando, planejando para que as estratégias apontem a direção das ações municipais e sejam efetivadas, alcançando os objetivos e metas estabelecidos. Aguardando…

    Responder
  5. Marcos Aurélio Marcelino

    Participei da elaboração dos PMEs dos municípios de Canitar e Ourinhos no Estado de São Paulo. Em ambos a participação da comunidade foi expressiva, em especial, na conferencia, evidenciando o amadurecimento da democracia.

    Responder
  6. Ana Soares de Abreu

    Sou Ana Abreu conselheira do conselho municipal de educação de São Gonçalo do Amarante no Ceará. Achei muito interessante este curso, pois acredito na força do controle social na efetivação das politicas publicas.

    Responder
  7. MAGNA MARGARIDA DE BRITO

    O município de Major Sales/RN, elaborou o seu Plano Municipal de Educação de forma democrática e participativa. Realizamos uma conferência, apresentamos as vinte metas, discutimos as estratégias. Participaram do processo: gestores, professores, conselhos, pais, alunos, alunos e vereadores. A sua aprovação na Câmara Municipal, foi de forma clara, transparente.

    Responder
  8. Maria de Jesus Araújo e Silva

    Bom dia!
    Sou Professora, Maria de Jesus, estou membro do Conselho Municipal de Educação e acredito que com a participação da sociedade é que construímos políticas educacionais com ações sustentáveis e relevantes ao processo ensino aprendizagem do nosso País. Quero fazer parte deste grupo e contribuir com sugestões e experiências a partir do nosso Município.

    Responder
  9. SASNDRA MARIA FERREIRA DA SILVA

    SOU SANDRA MARIA FERREIRA , DO MUNICÍPIO DE SERRA DO RAMALHO – BA. PARTICIPEI DA ELABORAÇÃO DO PLANO DO MUNICÍPIO E ACREDITO QUE FOI UMA DAS CONSTRUÇÕES MAIS SIGNIFICATIVA E PARTICIPATIVA NO MUNICÍPIO NESTE CONTEXTO.
    PROFESSORES, DIRETORES, REPRESENTAÇÕES DE CONSELHOS, VEREADORES ETC TODOS DERAM A SUA CONTRIBUIÇÃO.

    Responder
  10. Roseli Sanches Florencio

    O Município de Peruíbe – SP, elaborou o Plano Municipal de Educação no ano de 2006, contudo, ficou parado sem a sanção do Prefeito da época. Contudo, em 2013 o município aderiu ao Programa de Melhoria da Educação no Município – (CODIVAR) e, a partir daí houve a reanimação do documento, o qual foi reanalisado e melhorado dentro das câmaras temáticas responsáveis pelos estudos e divulgação junto a comunidade local. Participei como coordenadora da Câmara de Gestão e Financiamento da Educação. Fizemos as audiências públicas nos anos de 2013 e 2015 e no mês passado (08/2015) o documento foi aprovado na Câmara Municipal da Cidade e hoje (23.09.15) terá uma nova votação, frente ao voto parcial da prefeita.

    Responder
  11. Maria Cristina Franzen

    Na elaboração do PME os conselheiros tiveram participação efetiva em todas as metas. Agora precisamos agregar conhecimento quanto ao monitoramento para alcançar as metas e ofertar Educação com qualidade.

    Responder
  12. Roberta Barbosa

    Bom dia!!
    O município de Itamogi, elaborou o seu plano municipal de educação de forma democrática e participativa, faço parte da Equipe Técnica.Espero que esta ferramenta venha nos auxiliar para efetividade dos planos de educação em nossos municípios e não fique apenas no papel.

    Responder
  13. Secretaria Municipal de Educação de Rodeiro

    O Município de Rodeiro , Estado Minas Gerais, em conjunto com a Secretaria e o Conselho Municipal de Educação elaborou o Plano Municipal Decenal de Educação com a participação da comunidade e das famílias!
    Realizamos uma conferência, apresentamos as vinte metas, discutimos as estratégias e elegemos o fórum municipal de educação. Participaram do processo: gestores, professores, conselhos, pais, alunos, vereadores. A sua aprovação na Câmara municipal, foi de forma clara, transparente. Foi um marco para todos e a sugestão de acompanharmos o andamento do PME será excelente.

    Responder
  14. Rosimaire Barbosa Barreto

    O Plano Municipal de Educação de Jequié/Ba foi elaborado com rica participação da sociedade. Tivemos colaboradores de diferentes instituições ( Conselhos, Associações, Sindicatos, Gestores, Professores, Alunos, Pais…). A metodologia dos trabalhos se deu de diferentes formas e etapas: aplicação de questionários (em escolas), por comissões representativas (treze ao todo), divulgação em rádios, trabalhos de grupo, seminários, audiência pública… Em Junho de 2015 o Plano foi sancionado, com forte participação social! O passo inicial foi dado, agora é acompanhar e fazer valer o cumprimento das metas para a educação municipal. Estamos juntos!

    Responder
  15. zeila Nogueira

    Realizei minha inscrição e fiz um breve comentário sobre a participação na elaboração do PME .Como membro do Fórum Municipal e Técnica responsável pela elaboração do mesmo,no Município de Estreito – MA.

    Responder
  16. Dalva Martins Dantas de VasconcelosDD

    O município de Manari-PE, elaborou o seu plano municipal de educação de forma democrática e participativa. Realizamos uma conferência, apresentamos as vinte metas, discutimos as estratégias e elegemos o fórum municipal de educação. Participaram do processo: gestores, professores, conselhos, pais, alunos, vereadores. A sua aprovação na Câmara municipal, foi de forma clara, transparente.

    Responder
  17. FRANCI ROSE JACINTHO DE OLIVEIRA DE ARAUJO

    O Município de Belford Roxo , Estado do Rio de Janeiro, em conjunto com o Conselho Municipal de Educação e a comunidade, elaborou seu Plano Municipal de Educação com uma das maiores participações da comunidade e das famílias! Foi um marco para o município como um todo!
    Uma boa noite a todos!!!
    Franci Rose- Conselheira Municipal de Educação – cidade de Belford Roxo – RJ

    Responder
  18. JOÃO DO CARMO DANTAS FILHO

    São Fernando-RN foi um dos municípios brasileiros que teve maior participação popular na elaboração do Plano Municipal de Educação!

    Responder
  19. Ducilene Kestering

    Estou Presidente do Conselho Municipal de Educação e faço parte da Comissão de Revisão, Monitoramento e Avaliação do Plano Municipal de Educação.
    Vejo a socialização de experiências como algo inovador e necessário no processo democrático e participativo das implementações de políticas públicas que venham melhorar a educação no município.

    Responder
  20. Maria da penha Cardoso

    Bom dia aos demais colegas e a organização desse evento.
    Sou a professora Penha estou atualmente como presidente do CME de meu município (Sobral) e articuladora na elaboração do PME. Já fiz minha inscrição, acredito que esse momento de socialização das experiências na elaboração dos planos será muito significativa de tamanha relevância para todos os municípios brasileiros. Contamos com o apoio da Iniciativa que particularmente vejo como uma entidade de suma importância para o momento atual.

    Responder
  21. Silvia Helena Gonçalves Fonseca

    Já realizei minha inscrição. Descrevi minha experiência como Coordenadora Geral do Fórum Municipal Permanente de Educação que assumiu a responsabilidade da elaboração do Plano de Educação do município de Igarapé-Miri estado do Pará. Espero que esta ferramenta venha nos auxiliar para efetividade dos planos de educação em nossos municípios e estados. Obrigada!

    Responder
  22. MARIA DO SOCORRO PEREIRA MORENO RODRIGUES DE SOUSA .

    Bom dia! Já estou inscrita e descrevi a experiência da instituição da qual faço parte, que é o Conselho Municipal de São Miguel do Tapuio-PI

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>